segunda-feira, 4 de abril de 2022

Com pais nascidos em Guimarães, Cavi classifica Iape para semifinal do estadual

Foto: Ivan Santana

Na tarde do último sábado, aconteceu a rodada final do Campeonato Maranhense 2022. No estádio Nhozinho Santos se enfrentaram Moto Club e Iape. O Canário da Ilha brigava para fugir do rebaixamento na competição. Já o Rubro-Negro, precisava vencer e torcer por outros resultados para seguir vivo no campeonato. Porém, no confronto, melhor para o Canário da Ilha. Melhor não, muito melhor para o Iape! De quase rebaixado, o time conseguiu a classificação em primeiro lugar no seu grupo para a semifinal do Campeonato Maranhense.

O Canário venceu o Moto pelo placar de 1 a 0 e segue vivo no estadual. O autor do gol foi o volante Carlos Vinicius, conhecido como Cavi. O jogador vem se destacando com a camisa do Canário e ajudou e muito na classificação do time para a sequência do maranhense. O jogador tem pais nascidos na cidade de Guimarães, cidade localizada no Litoral Ocidental Maranhense. 

Cavi é de uma família que já possui tradição no futebol. Na década de 90, seu tio Jackson Douglas, conhecido como Jackinho, atuou e era um dos destaques da seleção da cidade. Nos anos 90, a cidade tinha uma forte influência do futebol e era bem conhecida pelas suas grandes seleções formadas. Enfim, Cavi desponta e já cravou seu nome na história do Canário da Ilha, após ajudar a livrar a equipe do rebaixamento e ainda classificar para a fase final do estadual.

Cavi é mais uma dessas histórias que o futebol sempre nos apresenta. Filho de mãe solteira e nascida no interior do Maranhão, a senhora Rosa Marcia Pinheiro de Abreu, e avós também, Pedro Abreu (conhecido como Pedro Marujo), Ana Lia Pinheiro ( Professora Ana Lia), Cavi vai buscando seu lugar ao sol no difícil futebol maranhense. Porém, após o gol de sábado, Carlos Vinícius deu importante passo e se colocou bem a frente de muitos que ainda buscam mais oportunidades no mundo do futebol. 

Abaixo o gol marcado por Cavi:





Imagens: Tv FMF
 

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

MAC vai pedir suspensão do campeonato maranhense após decisão na justiça

Foto: Assessoria Mac

Na tarde desta sexta-fera, a Comissão Disciplinar do TJD do Maranhão decidiu por unanimidade a perda dos pontos do Cordino em relação a recurso enviado pelo MAC. A decisão determina a perda de 6 pontos do time do interior do estado. O recurso é em relação a inscrição de atletas por parte do Cordino ainda na série B do ano passado. O Maranhão Atlético Clube alega irregularidade na situação. 

Após a decisão da comissão nesta sexta-feira, o Maranhão informou que vai peticionar um requerimento pedindo a suspensão do estadual até que seja resolvida a sua situação junto ao TJD. A decisão de hoje, cabe recurso por parte do time do interior do estado. 
 

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Com time "alternativo" e sem dificuldades, Sampaio goleia o Pinheiro

Foto: Yuri Oliveira

Na noite desta quarta-feira, o Sampaio bateu o Pinheiro pelo placar de 4 a 0, jogando no estádio do Castelão. Thiago André, Eron, Pedro e Ronan marcaram os gols do triunfo Tricolor. O Sampaio atuou com uma equipe mista e que contou com o retorno do goleiro Luiz Daniel e Eloir. O PAC não ofereceu nenhum tipo de resistência a equipe Boliviana que no primeiro tempo já vencia pelo placar de 3 a 0. Thiago André aproveitou mais uma vez a oportunidade e atuou bem, marcando inclusive um dos gols. O meia-atacante já havia entrado muito bem no segundo tempo contra o Altos-PI. 

Por outro lado, o time do interior do estado esteve bem abaixo do que pode mostrar. O Pinheiro criou poucas oportunidades e em nenhum momento da partida se encontrou. Sendo assim, ficou muito fácil para o Sampaio que conquistou a sua segunda vitória no estadual. 

Por fim, o Sampaio mostrou força e se impôs, mesmo com um time "alternativo" O time Boliviano em duas partidas vem colocando dentro de campo aquilo que se espera de um favorito ao título. Sim, é apenas a segunda rodada do estadual e está tudo muito cedo, mas será MUITO difícil tirar o título estadual das mãos do Sampaio.   

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Sampaio estreia no estadual nesta quarta-feira mais favorito que nunca

Foto: Ronald Felipe


Nesta quarta-feira o Sampaio Corrêa vai estrear na temporada 2022. O Tricolor encara o Juventude Samas pelo Campeonato Maranhense, no estádio Pinheirão. O time Boliviano entra no estadual sendo mais uma vez o grande favorito a levar a taça do maranhense. Por ser o time de maior investimento, atualmente disputa a série B nacional e por manter algumas peças da temporada passada, são alguns dos pontos que colocam o Tricolor na posição de favorito. 

Para essa edição do estadual, o Sampaio entra mais favorito do que nunca. Sem Imperatriz, Maranhão e o Moto com um investimento bem menor, acabam por pressionar o Sampaio a ser muito favorito ao título. Isso não quer dizer que outro time não possa levar o caneco. Sim, tudo é possível no futebol. Mas dentro do atual contexto o Sampaio é muito favorito ao título. Times como Iape, Pinheiro e Tuntum podem ser pedras na caminhada Tricolor. Porém, a expectativa é que o Sampaio possa se impor como o grande favorito ao título. Porém, isso só depende da equipe Tricolor. Jogar o estadual e colocar todo o seu favoritismo para dentro das quatro linhas. 

Nesse primeiro confronto, o Sampaio encara o Peixe Poraquê jogando fora de casa. O Juventude é sempre uma equipe muito forte dentro dos seus domínios. Aliás esse é uma característica bem comum e favorável aos times do interior do estado. Mais uma vez o fator "casa" deverá ser um aliado as equipes do interior. Aproveitar esse fator será muito importante e deverá fazer a diferença para tentar fazer frente ao Sampaio. Enfim, o estadual deverá ter esse caminho, todos contra o Sampaio. Sem dúvida alguma, o Tricolor é o time a ser batido no estadual.   


 

domingo, 23 de janeiro de 2022

Com São José melhor, Moto busca empate na abertura do Maranhense

 


 (Foto: Matheus Soares)


Na tarde deste domingo, São José e Moto Club ficaram no empate na abertura do Campeonato Maranhense. Jogando no estádio Nhozinho Santos, o Peixe Pedra abriu o placar na primeira etapa com Théo. Já no segundo tempo, o zagueiro Anderson Cearense deu números finais a partida. No fim 1 a 1. Ainda no primeiro tempo, o São José perdeu um pênalti com Joanderson. Vale destacar que foi mais uma cobrança de penalidade defendida pelo goleiro João Paulo. O arqueiro Rubro-Negro é um exímio pegador de pênaltis e mais uma vez salvou o Papão do Norte.

Durante boa parte da partida o São José foi bem melhor que o Moto. Apesar do jogo não ter sido tão movimentado, mas o Peixe Pedra foi bem mais lúcido e soube muito mais o que fazer dentro das quatro linhas. O Moto na primeira etapa criou uma oportunidade apenas durante todo o primeiro tempo. O time era previsível e abusou de concentrar as suas jogas ofensivas pelo lado esquerdo, facilitando a marcação do adversário. Com as mudanças feitas pelo técnico Carlos Ferro, o time  voltou um pouco melhor na segunda etapa. Sim, muito mais na base da força de vontade do que melhora na parte técnica. 

Ainda é muito cedo para fazer uma análise mais profunda do que esperar do Papão para o maranhense. Porém, ficou claro que o time tem muitos pontos que precisam ser melhorados. O treinador Carlos Ferro terá uma semana cheia para ir ajustando a equipe para a sequência da competição. Do outro lado, o São José apresentou uma boa organização e algumas boas peças. Théo, Levi e Klayton foram alguns dos jogadores que se destacaram nessa primeira partida do Peixe Pedra. Em uma primeira impressão, gostei do que vi do São José. Assim como o Moto, precisa também melhorar em alguns pontos. 

Enfim, qualquer tipo de análise mais profunda poderá ser injusta. Porém, a primeira impressão não foi tão boa da organização do Papão. Nesse aspecto o São José esteve melhor. E por fim, os ajustes que as duas equipes precisam fazer devem ser feitos o quanto antes e sem muita margem para novos erros. O campeonato é de tiro curto e quem erra menos deverá largar na frente. 

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Iape e Chapadinha fazem história na Copinha

Foto: Ivan do Pix


Na tarde desta terça-feira, o Iape venceu o Botafogo-SP por 2 a 0 e se classificou para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Allef e Diogo marcaram os gols do Canário. Anteriormente, o Chapadinha/Comercial já havia se classificado para a próxima fase da competição. Sendo assim, essa é a primeira vez na história da Copinha que duas equipes do Maranhão se classificam para a segunda fase.

"Desde o início da participação do Maranhão na Copinha (1990), é a primeira vez que temos dois times passando de fase na competição" - Twitter Futebol Maranhão - 

Os dois times tem por prioridade a formação de atletas e a disputa de competições de base. A classificação das duas equipes mostra como um trabalho sério, bem feito e planejado acaba dando resultado. Sim, os times "apenas" avançaram, mas isso mostra e muito o trabalho sendo bem feito. Para o estado, são raras as boas campanhas realizadas por equipes do estado, mesmo os times chamados de grande. E dessa vez temos duas equipes classificadas em uma competição que mostra muito a diferença de investimento e estrutura. 

Enfim, as duas equipes entram para a história e isso é de se comemorar muito. Além disso, mostra ainda mais e valoriza muito os nossos atletas e profissionais. A façanha das duas equipes apenas ratifica que no estado temos muitos valores que precisam muitas vezes apenas de uma oportunidade.

Boa sorte para as duas equipes na sequência da competição!